Tue. May 28th, 2024

A polícia prendeu 300 manifestantes pró-palestinos da Universidade Columbia em Nova York e da City University of New York.

Follow Google News to get the latest news From Nais News Follow Google News to get the latest news From Nais News

O prefeito de Nova York chamou os manifestantes de estranhos. A Reuters divulgou esta informação na quarta-feira.

O prefeito de Nova York, Eric Adams, disse que uma “operação massiva” foi lançada a pedido das autoridades da Universidade de Columbia para evacuar aqueles que ocupavam um dos corredores.

READ MORE :  A polícia atacou com ameaças, os estudantes foram amarrados com as costas enroladas

Na coletiva de imprensa, o prefeito disse que cerca de 300 pessoas foram presas na Universidade de Columbia e na City University de Nova York depois que policiais invadiram os campi na noite passada. O incidente foi atribuído a pessoas de fora, que tentaram radicalizar a “juventude”.

A vice-comissária da Polícia de Nova York, Rebecca Weiner, disse: “Alguns dos manifestantes foram identificados. Estavam ligados a protestos anteriores em Nova Iorque e noutras cidades.

Enquanto isso, manifestantes pró-Palestina e pró-Israel entraram em confronto na Universidade da Califórnia, em Los Angeles (UCLA). Uma forte presença policial está atualmente implantada no campus. No entanto, os manifestantes foram retirados do local do confronto. A polícia cercou toda a área com barricadas de metal.

By NAIS

THE NAIS IS OFFICIAL EDITOR ON NAIS NEWS

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *