Sat. Jun 15th, 2024

Dan Jacobs, um concorrente da mais nova temporada de “Top Chef”, está se tornando uma estrela nacional com suas sopas, guloseimas de queijo e lanches sofisticados – e sua luta aberta contra uma doença degenerativa rara.

Mas essa publicidade não se traduziu num aumento de potenciais clientes que reservam saraus nos seus restaurantes em Milwaukee, DanDan e EsterEv, antes da Convenção Nacional Republicana, que está a apenas três meses de distância.

“Não recebemos uma única consulta, como nada”, disse o dono do restaurante. “É aí que eu acho que todo mundo pensa: ‘O que está acontecendo?’”

Com a convenção republicana marcada para começar em Milwaukee em 15 de julho, alguns dos maiores e mais procurados restaurantes, salas de concerto e outros locais da cidade estão alarmados com a lentidão com que os eventos esperados em torno do encontro estão tomando forma.

Birch, cujo chef, Kyle Knall, foi indicado duas vezes ao prêmio James Beard de melhor chef do Meio-Oeste, não assinou contratos e, na verdade, recebeu apenas uma consulta, disse a administração do restaurante. Os graciosos teatros do velho mundo Pabst e Riverside também permanecem sem reserva, de acordo com autoridades da indústria do entretenimento. Leslie West, que é co-proprietária e dirige o Rave, Eagles Club e Eagles Ballroom, disse que desistiu e iria “apenas agendar nossos próprios shows durante o período RNC, sem necessidade de se estressar com isso”.

“Estamos vendo o que todo mundo está vendo”, disse Adam Siegel, cujo restaurante, Lupi & Iris, está finalizando contratos para dois brunches de 100 pratos, mas não viu as aquisições completas de restaurantes que esperava. “Não há sensação de segurança de que avançará da mesma forma que a maioria das convenções avança.”

Seu coproprietário, Michael DeMichele, mais tarde se declarou “emocionado com os brunches que estão sendo reservados”.

Em agosto passado, quando o Partido Republicano escolheu Milwaukee para sediar sua convenção, o prefeito democrata da cidade, Cavalier Johnson, promoveu-a como “cheia de joias inesperadas” e instou tanto os participantes da convenção quanto os festeiros a “levar todo o seu dinheiro para Milwaukee, gastá-lo naquela semana e deixe isso.”

Agora, abundam teorias em Milwaukee sobre por que as reservas começaram tão lentamente. Entre eles: rotatividade do pessoal da convenção depois que o presumível candidato, o ex-presidente Donald J. Trump, limpou a casa no Comitê Nacional Republicano, rotatividade que as autoridades negam ter acontecido; uma cidade pequena sem infraestrutura para eventos; e a relutância dos possíveis participantes da convenção em participar de um evento apresentando Trump e seus seguidores mais fervorosos.

Os republicanos envolvidos no planeamento da convenção dizem que as preocupações são exageradas, que a angariação de fundos está adiantada e que as reservas estão a ser activamente acertadas entre grupos e locais. O Comité de Arranjos do RNC citou 50 eventos que “já foram assinados ou estão a ser contratados em breve”.

“O fato é que o incrível apoio da comunidade empresarial de Milwaukee e de outros lugares colocou esta convenção em uma posição sem precedentes para o sucesso”, disse Reince Priebus, ex-presidente do RNC e primeiro chefe de gabinete de Trump na Casa Branca, que agora preside o Milwaukee. comitê anfitrião, que é o principal responsável pela arrecadação de fundos. “Estamos à frente dos comitês anfitriões anteriores em nossos esforços de arrecadação de fundos e antes do previsto em nossos objetivos financeiros e outros.”

Elise Dickens, diretora executiva do Comitê de Arranjos, disse: “Nossa equipe está trabalhando 24 horas por dia para conectar grupos externos com empresas locais para realizar eventos inesquecíveis”.

E algumas reservas são passando. O Bradley Symphony Center “confirmou reservas”, disse Rick Snow, vice-presidente de instalações e operações de construção do centro, com “eventos adicionais em andamento”.

“Muito trabalho começará a acontecer agora”, disse ele. “As pessoas que já realizaram eventos de grande escala sabem que as coisas realmente acontecem nas semanas finais de planejamento; é a natureza da besta.”

Mas cerca de 160 quilômetros ao sul de Chicago, a cidade que receberá os democratas cerca de um mês depois de Milwaukee, a natureza da fera tem sido oposta, disseram organizadores e planejadores de eventos. O Navy Pier está lotado. Seu restaurante Offshore Rooftop e outro bar popular na cobertura com vista para o lago, o Cindy’s Rooftop, têm vários contratos, assim como o Chicago Cut, uma churrascaria popular no rio Chicago. O Salt Shed, que tem capacidade para 3.600 pessoas, é assinado para shows.

Kimball Stroud, organizadora de eventos democrata, disse que tantos teatros foram ocupados em Chicago nesta primavera que ela “cavou fundo” e descobriu o recém-renovado e inaugurado Ramova Theatre, no bairro operário de Bridgeport, e depois comprou-o por duas noites. : um para a organização de controle de armas da ex-deputada Gabrielle Giffords, outro para um cliente ainda a ser divulgado. Ela está tentando conseguir uma terceira noite também.

Os republicanos envolvidos no planejamento da convenção dizem que os negócios em Milwaukee devem começar a esquentar em breve. Os democratas que organizaram a sua convenção em Chicago, uma cidade muito maior, tiveram a vantagem de poder reservar rapidamente as delegações estaduais em oito hotéis no centro da cidade. Em Milwaukee, porém, o Partido Republicano acabou de enviar atribuições de hotéis aos delegados no final de março – em 110 hotéis espalhados pelo sul de Wisconsin.

Delegados, empresas, empresas de lobby e associações comerciais podem ter estado à espera de saber onde esses hotéis estariam localizados antes de estarem prontos para assinar contratos para reuniões em restaurantes, concertos e festas em armazéns.

Evan Hughes, cofundador e presidente-executivo da Central Standard Distillery e Central Standard Crafthouse & Kitchen, disse na sexta-feira que tinha três aquisições noturnas agendadas e três propostas em negociação. Espera-se que a CNN e o Politico abram um centro conjunto de jantares e mídia, provavelmente no mesmo local decoroso no centro de Turner Hall que as organizações de mídia reservaram para a abortada convenção de 2020.

Hughes disse ter ouvido de vários planejadores que os grupos priorizaram a garantia de locais para a Convenção Nacional Democrata em Chicago e que agora estavam “voltando seu foco para Milwaukee”.

Mas se o Sr. Trump estiver envolvido, os nós dos dedos brancos tendem a seguir. Os gerentes do local dizem que a agitação no Comitê Nacional Republicano, depois que Trump se tornou o provável candidato e começou a instalar uma equipe ainda mais leal, significou que os parceiros de negócios desistiram e foram substituídos por novos rostos. Funcionários do RNC dizem que não houve rotatividade. Os clientes em potencial pediram cláusulas nos contratos para mantê-los inofensivos no caso de Trump simplesmente cancelar a convenção.

“Esta é uma grande oportunidade para a nossa cidade brilhar”, disse Siegel, da Lupi & Iris, “e isso é tudo o que queremos, que a nossa cidade brilhe”.

Em 2020, os democratas optaram por realizar a sua convenção virtualmente por causa da pandemia do coronavírus, cancelando a convenção na cidade de Milwaukee à medida que hotéis e empresas se esvaziavam em todo o país. Os republicanos encenaram parte deles na Casa Branca, numa ruptura radical com a tradição que misturava a política com as armadilhas da governação e levou os democratas a acusar a administração Trump de uma litania de violações da Lei Hatch. (A lei geralmente proíbe os funcionários do governo de participarem de atividades partidárias.)

Oito anos depois, Trump é uma figura conhecida e a sua presença é um factor muito mais complicador. Um bar de Milwaukee, o Mothership, anunciou no mês passado que estava fechando para a convenção, porque o proprietário, Ricky Ramirez, disse: “Não estou tentando me envolver ou receber ativamente dinheiro ou alugar o espaço para isso. tolice.”

Algumas organizações terão uma posição firme em Milwaukee ao apostarem tudo em Chicago. A Rede de Líderes Latinos realizará uma recepção em um escritório de advocacia de Milwaukee para cerca de 150 pessoas, disse o presidente do grupo, Mickey Ibarra. Está realizando uma explosão no Navy Pier para 750 convidados, com contrato que permite expandir para 1.000.

“Haverá uma diferença muito grande”, disse ele.

Mas mesmo em Chicago, existe alguma preocupação de que, para além dos sindicatos, das delegações estatais e dos grupos de interesse liberais, as grandes empresas possam estar a fugir da convenção Democrata, porque essas empresas também estão a fugir dos Republicanos, disse Sam Toia, o presidente. da Associação de Restaurantes de Illinois. Assim como em Milwaukee, há conversas com essas empresas, mas os contratos ainda não foram assinados.

O nervosismo das corporações endinheiradas pode estar mantendo alguns dos maiores e mais caros locais fora da conversa. O Museu de Arte de Milwaukee, com vistas panorâmicas do Lago Michigan projetado pelo renomado arquiteto espanhol Santiago Calatrava, não hospedará festas privadas, por exemplo, disseram autoridades da convenção e de Milwaukee, citando o custo e o desejo de não envolver o museu com política.

Em alguns casos, houve um claro descompasso nas expectativas. O Teatro Riverside, com capacidade para 2.500 pessoas, foi convidado a receber um grupo de apenas 50 pessoas para exibição de filme e open bar. Ofereceu uma taxa de US$ 116.804, de acordo com uma fatura obtida pelo The New York Times.

O CEO do Pabst Theatre Group, Gary Witt, disse que a cotação foi baseada em uma taxa para a instalação completa, aluguel de um projetor especial, tela, uso de um sistema de som de concerto para o filme e incluindo comida e bebida. “Não podemos nos dar ao luxo de perder o potencial de aluguel integral de um teatro com capacidade para 2.500 pessoas hospedando apenas 50 pessoas a um preço reduzido”, disse ele. O local permanece sem reserva, de acordo com autoridades da indústria do entretenimento.

Numerosas empresas afirmam que, daqui a três meses, tais disputas deveriam ter sido resolvidas há muito tempo. Em fevereiro de 2020, pouco antes de a pandemia lançar o caos nos planos, grande parte de Milwaukee já estava reservada para a convenção democrata de verão.

Stroud, organizadora de eventos democrata, disse que, em fevereiro, estava pensando em construir um piso temporário sobre os assentos fixos dos teatros Pabst e Riverside para permitir que os festeiros dançassem e se misturassem. E Jacobs, o dono do restaurante de Milwaukee, disse que vendia mesas individuais por um dia a US$ 1.000 por assento, enquanto os congressistas democratas escolhiam lugares para realizar as sessões.

Existe um custo potencial para o início lento. Como outras cidades do Grande Lago, Milwaukee ganha vida no verão. A convenção colocará grande parte da cidade fora dos limites em meados de julho e fará com que os moradores locais saiam correndo da cidade.

“Se não virmos o negócio, não creio que os nossos habitantes locais estarão aqui para nos apoiar”, disse Jacobs. “Com o DNC, nunca sentimos este nível de apreensão.”

Source link

By NAIS

THE NAIS IS OFFICIAL EDITOR ON NAIS NEWS

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *