Tue. May 21st, 2024

Pelo menos 96 pessoas morreram e mais de uma dúzia ficaram desaparecidas depois de um barco superlotado naufragar na costa de Moçambique, no domingo, informaram as autoridades locais.

A embarcação transportava cerca de 130 pessoas, muito acima da sua capacidade, disse na segunda-feira Jaime Neto, secretário de Estado da província de Nampula, onde ocorreu o desastre, em rede nacional.

O Sr. Neto disse que o barco se dirigia para a Ilha de Moçambique a partir da cidade de Lunga. Algumas pessoas viajavam para a ilha para participar numa feira, disse ele, enquanto outras fugiam do continente com medo de serem afectadas por um surto de cólera.

Desde Outubro, o país da África Austral registou quase 15 mil casos de cólera, uma doença transmitida pela água, e 32 mortes, segundo dados do governo. A Província de Nampula tem sido uma das áreas mais afectadas.

O Sr. Neto disse que pelo menos três dos corpos que as autoridades recuperaram eram de crianças. Ele acrescentou que 11 pessoas foram resgatadas e que crianças estavam entre as pessoas ainda desaparecidas.

Armando Tivane contribuiu com reportagem.

Source link

By NAIS

THE NAIS IS OFFICIAL EDITOR ON NAIS NEWS

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *