Mon. Jun 24th, 2024

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do Brasil, chamou de volta seu embaixador em Israel na segunda-feira, enquanto as tensões aumentavam entre os países devido aos comentários contundentes do líder brasileiro contra a guerra de Israel contra o Hamas.

Lula convocou o embaixador, Frederico Meyer, de volta ao Brasil “para consultas”, segundo comunicado do Itamaraty.

O ministro das Relações Exteriores de Israel, Israel Katz, repreendeu Meyer na segunda-feira pelos comentários nos quais Lula comparou as ações de Israel na guerra ao Holocausto.

“O que está a acontecer na Faixa de Gaza com o povo palestiniano não tem paralelo noutros momentos históricos”, disse Lula aos jornalistas durante a 37ª Cimeira da União Africana em Adis Abeba, capital da Etiópia, no domingo. Mas, acrescentou, “existia quando Hitler decidiu matar os judeus”.

Também na segunda-feira, Katz disse que Lula não era bem-vindo no país até que retirasse seus comentários.

Citando “a seriedade” das declarações feitas por autoridades israelenses, o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Mauro Vieira, também convocou o embaixador israelense para uma reunião no Rio de Janeiro na segunda-feira, segundo o comunicado.

A destituição de seu enviado por parte de Lula não representa uma ruptura permanente nas relações diplomáticas, uma vez que a Embaixada do Brasil em Israel permanecerá aberta. Mas a discórdia realça uma divisão crescente entre Israel e os países que têm sido relutantes em alinhar-se em apoio à sua acção militar em Gaza, mais notavelmente a África do Sul e o Brasil.

Source link

By NAIS

THE NAIS IS OFFICIAL EDITOR ON NAIS NEWS

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *