Sat. Jun 15th, 2024

Cerca de 50 pessoas foram atendidas por equipes médicas de emergência na segunda-feira, depois que um voo da Latam Airlines com destino a Auckland, a maior cidade da Nova Zelândia, experimentou o que a companhia aérea chamou de “forte movimento” causado por um “problema técnico”.

Doze pessoas, uma das quais em estado grave, foram levadas para três hospitais, informou o serviço de ambulância de Auckland. A Latam, uma companhia aérea chilena, não forneceu detalhes sobre o problema técnico que disse ter causado o distúrbio.

Uma passageira, que disse ser ex-comissária de bordo, disse ao The New Zealand Herald que houve uma “pequena queda rápida” durante o voo, voo 800 da Latam Airlines. As informações de rastreamento de aeronaves do Flight Aware mostraram um intervalo de aproximadamente uma hora para qual não havia dados disponíveis.

O avião, um Boeing 787-9 Dreamliner, foi recebido no Aeroporto Internacional de Auckland por 14 veículos de emergência, incluindo sete ambulâncias, de acordo com o serviço de ambulância da cidade, Hato Hone St. John. As equipes de ambulância trataram cerca de 50 pessoas no local, incluindo a pessoa em estado grave; os outros estavam em “estado moderado a menor”, ​​disse o serviço.

Seis pessoas foram levadas ao pronto-socorro do Hospital Middlemore, em Auckland, e outras quatro estavam a caminho, segundo Rob Harley, porta-voz do hospital. Ele disse que os seis pacientes no hospital tiveram ferimentos, incluindo cortes, escoriações e lacerações, mas que todos conseguiam andar – “em outras palavras, sem risco de vida”.

O vôo estava programado para continuar de Auckland para Santiago, capital chilena, ainda na segunda-feira. A Latam disse que o trecho do voo foi cancelado e que os passageiros com destino a Santiago seriam transportados para lá na terça-feira.

Source link

By NAIS

THE NAIS IS OFFICIAL EDITOR ON NAIS NEWS

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *