Fri. Apr 19th, 2024

Alphabet, Apple e Meta foram informados pelos reguladores da União Europeia na segunda-feira que estavam sob investigação por uma série de potenciais violações da nova lei de concorrência da região.

As investigações são as primeiras anunciadas pelos reguladores desde que a Lei dos Mercados Digitais entrou em vigor em 7 de março e sinalizam a intenção do bloco de aplicar rigorosamente as novas regras de concorrência abrangentes. A lei exige que Alphabet, Apple, Meta e outros gigantes da tecnologia abram suas plataformas para que rivais menores possam ter mais acesso aos seus usuários.

As investigações centram-se em saber se a Apple e a Alphabet, empresa-mãe do Google, estão a favorecer injustamente as suas próprias lojas de aplicações para eliminar os rivais. Meta será questionado sobre um novo serviço de assinatura sem anúncios e o uso de dados para venda de publicidade.

A Comissão Europeia, o braço executivo da União Europeia, pode multar as empresas até 10% das suas receitas globais, que ascendem a centenas de milhares de milhões de dólares por ano. A comissão tem 12 meses para concluir suas investigações.

As empresas já tinham anunciado uma série de alterações nos seus produtos, serviços e práticas comerciais para tentarem cumprir a Lei dos Mercados Digitais. Mas ao anunciar as investigações na segunda-feira, os reguladores disseram que as mudanças não foram suficientemente longe.

“Certas medidas de conformidade não atingem os seus objectivos e ficam aquém das expectativas”, disse Margrethe Vestager, vice-presidente executiva da Comissão Europeia, que anunciou as investigações numa conferência de imprensa em Bruxelas. O cumprimento da lei, disse ela, “é algo que levamos muito a sério”.

Source link

By NAIS

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *