Wed. Feb 21st, 2024

Um juiz federal bloqueou na terça-feira a proposta de aquisição da Spirit Airlines pela JetBlue Airways por US$ 3,8 bilhões, uma vitória para o Departamento de Justiça, que argumentou que o acordo prejudicaria os viajantes.

Na sua decisão, o juiz William G. Young, do Tribunal Distrital dos EUA para o Distrito de Massachusetts, apoiou o Departamento de Justiça ao determinar que a fusão reduziria a concorrência no negócio das companhias aéreas.

A fusão proposta teria criado a quinta maior companhia aérea do país. O Departamento de Justiça argumentou que companhias aéreas menores e de baixo custo, como a Spirit, ajudam a manter as tarifas baixas e que permitir que a empresa fosse adquirida pela JetBlue, que tende a cobrar preços mais elevados, teria prejudicado os consumidores.

Esta é uma história em desenvolvimento. Volte para atualizações.

By NAIS

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *